Regimes alimentares

Já pensaste porque é que todos os animais se alimentam? E já percebeste que existem animais que comem alimentos muito diferentes? Se desses minhocas ao teu cão, alface ao teu gato e sardinha ao teu coelho, achas que eles iam gostar?

Porque se alimentam os animais?

Os animais precisam de energia por exemplo para se se movimentarem, de materiais de construção para crescerem e para recuperarem de doenças ou ferimentos. Porém, os animais não se alimentam todos da mesma forma e os alimentos que consomem são muito variados. É por este motivo que se diz que existem diferentes regimes alimentares.

Mas o que é o regime alimentar?

O regime alimentar de um animal é o conjunto de alimentos que ele habitualmente consome. Embora no seu conjunto os animais procurem alimentos muito variados, podemos agrupá-los em três grandes grupos: CARNÍVOROS, HERBÍVOROS ou OMNÍVOROS.

Herbívoros, são animais que comem principalmente produtos de origem vegetal.
Alguns herbívoros especializam-se num determinado tipo de produto vegetal. Lembra-te do pombo e da galinha, que adoram grãos, como o milho, e que por isso são chamados de GRANÍVOROS. Já o esquilo e aves da floresta, como o gaio, apreciam sobretudo frutos (nozes, por exemplo), sendo chamados de FRUGÍVOROS.

A girafa alimenta-se de folhas de certas árvores



Carnívoros, são animais que se alimentam principalmente de outros animais. É frequente vermos os grandes felinos, como o leão, o tigre ou a chita, a perseguirem as suas presas (gazelas, antílopes ou zebras), em filmes sobre a vida selvagem. Mas existem muitos mais exemplos de animais carnívoros: cobras, tubarões, corujas, aranhas e outros.

Viúva-negra alimentando-se de um insecto

Alguns carnívoros especializam-se num determinado tipo de presas: o morcego e muitas aves, como as andorinhas, procuram insectos para se alimentarem. São por isso também chamados de INSECTÍVOROS. A lontra, as aves marinhas, como as gaivotas, e muitos peixes que se alimentam de outros peixes são também designados de PISCÍVOROS. Existem, ainda, certos animais que se alimentam de animais mortos, como os abutres, as hienas e os chacais e são chamados de NECRÓFAGOS.


Mas alguns animais tanto se alimentam de animais, como vegetais - são os omnívoros, como o porco, o urso, o corvo, o chimpanzé e o próprio homem.

O vídeo que te proponho mostra chimpanzés a alimentarem-se de nozes que conseguem abrir com pedras. Além de nozes, frutos e folhas de certas plantas, estes animais também comem insectos, répteis e pequenos mamíferos.


8 comentários:

Anónimo disse...

estive no espaço ciencias 5º e adorei.




sandra gonçalves

Thais Palhares disse...

Parabéns, adorei! Encontrei aqui respostas que nao encontrei em outros lugares.

Maria disse...

Muito bom, encontrei todas as respostas sobre a cadeia alimentar ds animais.

ana paula disse...

nunca deixem de atualizar esta pagina, ajuda muito no ensino e cultura, nota 10

Anónimo disse...

Adorei deu para perceber alguma coisa do regime alimentar.
23-11-2013
11:58 minutos

Anónimo disse...

Adoreii já sei o que fazer para os meus apontamentos :D

Anónimo disse...

Eu adorei o site mas não encontrei o que queria .
Podiam colocar por exemplo : dividir o grupo dos carnívoros em : animais que comem carne , e colocam alguns exemplos
: animais que comem insetos , e colocam alguns exemplos
: animais que comem peixes , e colocam alguns exemplos
: animais que comem cadáveres , e colocam alguns exemplos !!!!!!!!!!!
Também podiam fazer o mesmo mas dividir o grupo dos herbívoros !!!!!!!!!!!

PG disse...

Olá anónimo. Alguns esclarecimentos: não há na realidade animais que comam carne. Chamamos carne ao músculo da vaca, do porco etc. Quando um predador como uma raposa ou um leão caçam uma presa não comem somente os músculos da presa, comem também vísceras, pele e às vezes tendões e ossos. O termo CARNÍVORO não significa animal que come carne, mas sim animal que se alimenta de outros animais.
Dentro dos carnívoros, como dos herbívoros, existem especializações tal como referes no teu comentário. Mas essas especializações não fazem parte do programa que é lecionado em Portugal, por isso elas não são referidas no site.